CarWorld

Notícias de Carros, Revisões de Especialistas, fotos, vídeos e Guias de Compra

Poderia o Alpino vir para nossas costas?



A montadora francesa Alpine, subsidiária da Renault, pode chegar aos Estados Unidos.

Não dê instruções para o Neil Diamond ainda – não é uma certeza, especialmente de uma empresa que atualmente fabrica apenas um carro esportivo em números muito pequenos.

Dito isto, um relatório em Forbes sugere que o envolvimento da marca na Fórmula 1 deu a ela exposição suficiente nos Estados Unidos e na China para que fosse viável vender carros nesses mercados.

A Renault, é claro, já tentou quebrar os EUA, mas o CEO Luca de Meo sugere que talvez a empresa deva tratar a Alpine como uma marca de nicho para compradores ricos em vez de perseguir o volume.

Dito isto, a Alpine tem três veículos elétricos a caminho, incluindo um pequeno crossover, um sedã de alto desempenho e um A110 eletrificado. De Meo disse ainda que a empresa está trabalhando em dois SUVs maiores, que serão lançados no final desta década.

As plataformas podem vir da aliança da Renault com a Nissan e a Mitsubishi ou talvez da Geely, com quem a Renault também trabalha.

A Alpine também poderia usar um IPO para financiar seus planos, mas somente depois de se separar oficialmente da Renault, prevista para 2024.

[Image: Alpine]

Torne-se um membro do TTAC. Receba as últimas notícias, recursos, imagens TTAC e tudo o mais que vem à tona sobre carros em primeiro lugar Assine a nossa newsletter.



Source link